Somente com a informatização é possível atingir lucros maiores

thumb_main_money_thief

Já pensou em fazer uma “sintonia fina” no seu estacionamento para reduzir custos e aumentar o lucro? Sim, estamos falando de informatização. E não estamos apenas vendendo o nosso peixe, de acordo com um estudo realizado pela National Retail Association (www.nra.net.au), estabelecimentos que informatizaram tiveram um crescimento de 6 à 30% no seu lucro líquido, 25% de aumento na margem de lucro e cerca de 15% de redução de custos. Estes significativos percentuais são alcançados com pequenos ajustes, como melhorias nos processos, correta formação do preço, redução na inadimplência, entre outros.

Com a expansão da era digital e a fabricação nacional de computadores e acessórios, hoje, a informatização é acessível a todos portes de estabelecimentos, pois é possível comprar equipamentos com baixíssimo custo, o que não era possível a dez ou vinte anos atrás. Para informatizar um pequeno estacionamento, por exemplo, um computador simples e uma mini-impressora já são suficientes para o total controle operacional do mesmo. O retorno deste investimento já é notado nas primeiras semanas, seja pela inibição da inadimplência, na extinção de possíveis fraudes no controle manual, ou mesmo na eficácia da tarifação (calculo do valor à pagar com base nas diárias, pernoites, horas e frações usadas pelo cliente). Há relatos de estacionamentos que aumentaram em cerca de cem reais por cliente ao mês, somente cobrando corretamente o tempo excedente ao horário mensal contratado, ou que reduziram pela metade a inadimplência aplicando multa após a data de vencimento.

No PARKEER você pode configurar o horário de entrada e saída do mensalista, caso extrapole este horário é cobrado com a tarifação normal, de acordo com o tipo de veículo.

No PARKEER você pode configurar o horário de entrada e saída do mensalista, caso o cliente extrapole este horário, ele será tarifado pela tabela normal, de acordo com o tipo do seu veículo.

Já, quando falamos em redução de fraudes, é algo que infelizmente tivemos de empenhar muito tempo e tecnologia no desenvolvimento do nosso software. Falamos em “infelizmente”, porque é uma situação desconfortante, mas intrínseco na falta de caráter de alguns, a oportunidade, associada à falta de controles, cria um ambiente fértil para roubos. Segundo o Instituto Provar/FIA, os roubos realizados por funcionários contabilizam um prejuízo de R$ 2,2 bilhões ao varejo brasileiro, ou seja, R$ 70,00 a cada segundo, há casos de grandes redes de estacionamentos que tiveram de implantar um setor específico para cuidar destes casos, e o prejuízo é ainda maior quando atinge ao cliente, que confia integralmente seu veículo à guarda do estacionamento.

Fraudes são evitáveis com um controle mais rígido, e principalmente, utilizando-se um software seguro que permita tal detecção.

Uma das primeiras rotinas de proteção do software é contra a alteração do horário do computador, isso garante uma tarifação fidedigna em relação ao horário de entrada do cliente.

Entre as mais de 40 rotinas de segurança, uma das proteções do software é contra a alteração do horário do computador, isso garante uma tarifação fidedigna em relação ao horário atual e o horário de entrada do cliente.

Outro dispositivo que ajuda muito na redução destes furtos é o sistema interno de câmeras, ou mais conhecido: CATV, elas também são úteis para verificar-se a veracidade de reclamações de veículos arranhados ou danificados. Mudando de lado o personagem central da última conversa (a pessoa má intencionada), há de existir casos em que o estacionamento evitará de pagar por danos não ocorridos dentro do estacionamento, seja por um real descuido do cliente, ou como dito, a má-fé. Essas são ferramentas modernas com um custo mais elevado, mas que também se pagam a medida que situações como estas são evitadas.

Portanto, é importante estar atento a todas irregularidades na operação do seu estacionamento, verificar cada situação com a mais escrupulosa atenção, assim como, criar novas rotinas e metodologias para evitar a inadimplência e garantir a tarifação correta. São basicamente os primeiros pontos a serem verificados para evitar-se perdas, aumentando consequentemente o lucro do estabelecimento.