Configuração básica do sistema

Depois de instalado o sistema (você pode conferir nosso guia de instalação aqui), vamos partir para sua configuração inicial. Para que você utilize as funcionalidades básicas do PARKEER é necessário que você configure apenas duas coisas: Os parâmetros de configuração e suas tabelas de preços, de acordo com o tipo do veículo (Moto, Carro, Camionete, Bicicleta, etc).

Por padrão, o PARKEER já vem com dois perfis de acesso configurados: O “administrador” e o “atendente”, o primeiro, como o próprio nome sugere, libera o acesso a todas funcionalidades e dados do sistema, o segundo, limita-se somente ao atendimento dos clientes, caixa do funcionário entre outras poucas funcionalidades, como se realmente tivesse sido configurado para um funcionário do estacionamento com permissão somente a atender clientes e gerir seu caixa.

A senha para o usuário administrador é “admin”, já a do usuário atendente é “atend”, sem aspas.

Observação: Se você ainda não tiver ativado uma licença para o sistema, eventualmente a seguinte tela irá aparecer, basta que você selecione a opção “Testar o software” e clique em “OK”.

Na tela de licença, você pode escolher por adquirir sua licença online através de cartão de crédito, inserir uma chave de licença recebida por e-mail ou testar o software gratuitamente.

Vamos lá!

1. Vamos utilizar o usuário administrador para entrar no sistema e obter acesso nas configurações e tipos de veículos (tabelas de preço).

A tela de senha é exibida quando o programa é aberto no seu computador, ela identifica quem está acessando o software, liberando os acessos de acordo com as permissões do usuário.

2. No menu principal, onde é exibida a versão do software (2016 – DEMO) clique em “Utilitários” e em seguida em “Configurações”, uma nova tela com o assistente de configuração será exibida.

As opções de parametrização do software estão dispostas em um assistente, com comentário em cada campo e etapa do processo de configuração.

3. Avance até o passo 2, vamos configurar os dados do estacionamento, que serão utilizados em todo o sistema e exibidos também no cabeçalho dos cupons. Selecione o tipo de pessoa da sua empresa, digite seu CPF ou CNPJ e a razão social. Opcionalmente você pode incluir outras informações, como a inscrição municipal e código CCMOB. Clique em “Próximo” para continuar.

Nas configurações o administrador deve informar a razão social do seu estacionamento, CNPJ e outras informações.

Algumas das configurações dispostas nesta tela referentes a emissão de RPS-e e NFS-e foram movidas para o módulo fiscal na versão 4.8 do PARKEER – Saiba mais.

4. No passo 3 você configurará alguma das opções gerais da tarifação (comum para todos os tipos de veículos), digite o número de minutos para a tolerância entre etapas da tarifação (horas, frações, etc). É importante que você deixe ao menos 3 minutos de tolerância, pois pode ser a diferença entre o horário do seu computador e o relógio do cliente, evitando desconfortos com os mesmos.

Caso o seu pernoite esteja limitado a uma faixa específica de horário, como por exemplo, só pelo período noturno ou só diurno, selecione a opção “Limitar pernoite” e configure o intervalo de horários que limita seu pernoite.

Clique em “Próximo” para continuar.

Na terceira etapa do assistente de configuração, devem ser especificados a tolerância, configurações de diárias e pernoites e outras opções do sistema.

5. No passo 4 vamos configurar a impressão dos nossos cupons. Caso você esteja utilizando ou queira utilizar um leitor de código de barras para agilizar o atendimento na saída dos clientes, selecione a opção “Imprimir código de barras no cupom”, importante ressaltar que esta opção só está disponível para quem utiliza impressora do tipo térmica com suporte a gráficos (Exemplos: Bematech, Epson, Elgin, etc).

Mais abaixo, onde um cabeçalho de cupom é exibido, possui uma área do texto que está em vermelho. Essa área é editável para que você coloque qualquer informação adicional do seu estacionamento, como horário de funcionamento, endereço, telefone ou mesmo uma mensagem especial aos seus clientes, como de “feliz natal” e “próspero ano novo”.

A área em vermelho no cabeçalho do cupom deve ser editado para incluir-se os dados do estacionamento, como telefone, endereço, horário de funcionamento, etc.

6. Clique em “Próximo” até chegar ao passo 7, onde você cadastrará os funcionários que utilizarão o sistema e apagará os usuários padrões. Para adicionar um usuário clique no ícone de “+“, abaixo da lista de usuários, digite seu nome de usuário (primeiro nome), seu nome completo e então peça para o usuário digitar uma senha pessoal, selecione as opções que deseja liberar para o usuário e ao final, clique no botão com o ícone “a” para gravar as informações do usuário.

Para excluir um usuário, selecione seu nome na lista a esquerda, em seguida, clique no botão com o ícone de ““, abaixo. É importante que você exclua os usuários padrões do sistema para evitar acessos indesejados as configurações, informações do seu estacionamento, como também, evitar fraudes.

Para concluir o assistente clique em “Concluir”, retorne ao menu principal apertando a tecla “ESC” ou clicando duas vezes sobre a barra de título da janela do menu.

Tipos de veículos (tabelas de preços)

O PARKEER realiza a tarifação dos veículos de acordo com seu porte, ou seja, como realmente é na grande maioria dos estacionamentos conhecidos.

1. Para acessar o cadastro de tipos de veículos, do menu principal, clique em “Cadastros” e em seguida em “Tipos de veículos”. Clique em “Incluir” para cadastrar uma nova tabela.

Tipos de veículos é o cadastro das tabelas de preço do seu estacionamento, diferenciados de acordo com o porte do veículo do cliente.

2. No campo “Descrição” você deve colocar o tipo de veículo pertinente, ou seja: Carro, moto, camionete, caminhão, bicicleta, etc.

3. O campo “Lotação” serve para orientação sobre o controle do pátio e também para informar os aplicativos integrados sobre a lotação atual do estacionamento. Ele não irá fazer o sistema bloquear o acesso extra sua lotação de um determinado tipo de veículo.

4. O campo 1 – Cortesia até “x” minutos é exclusivo para estacionamentos que possuem um período de gratuidade na entrada do veículo. É importante que, caso seu estacionamento não possua essa gratuidade, você não a utilize! Para fins de tolerância existe a configuração realizada previamente lá no assistente de configuração. Pois um funcionário mal intencionado pode utilizar este período para dar entrada no veículo e em seguida fazer sua saída, cobrando o cliente pelo cupom de entrada e furtando o valor devido.

5. O campo 2 é relativa a cobrança de 15 minutos, caso seu estacionamento possua a tarifação por 15 minutos, você deve configurar no primeiro campo o valor dos primeiros 15 minutos (à partir da entrada) e os 15 minutos seguintes (após qualquer fração).

6. O campo 3, assim como o campo 2 é relativa a fração, dessa vez, trata-se da cobrança de 30 minutos, seu funcionamento é o mesmo que nos 15 minutos.

7. O campo 4 é destinado para estacionamentos que possuem a cobrança da primeira hora diferenciada em relação as demais, como por exemplo, em casos que os clientes pagam um valor “x” pelas 3 primeiras horas (180 minutos), muito comum em shoppings e outros centros comerciais.

8. No campo 5 devemos configurar o valor de cada hora (60 minutos), assim como nos campos 2 e 3 o primeiro campo diz respeito a primeira fração (à partir da entrada) e o campo “seguinte” é relativo as horas seguidas da primeira fração de hora, cortesia ou hora personalizada.

9. O pernoite e a diária são configurados nos campos 6 e 7, respectivamente. A troca para pernoite ou diária, assim como a troca entre frações é realizada de forma automática pelo sistema, sempre levando em conta quando o cliente atinge o valor da fração ou for a configuração mais rentável para seu pagamento (mais barato que a soma quebrada de horas e frações).

Exemplos:

  • Considerando que você não utilize a limitação por horário no pernoite, que a hora do seu estacionamento é R$ 5,00 e o pernoite R$ 20,00. Ao passar a quarta hora (R$ 25,00) automaticamente o sistema assumirá um pernoite, pois possui maior número de horas por um valor mais baixo: R$ 20,00.
  • Que o valor de 30 minutos seja R$ 10,00 e da fração de 30 minutos: R$ 5,00 (30 minutos seguintes), se o valor da hora for R$ 12,50, ao passar trinta e três minutos (considerando que você utilize 3 minutos de tolerância) o sistema assumirá como 1 hora e não duas vezes 30 minutos.

10. Clique em gravar para concluir a configuração deste tipo de veículo, para inserir outro tipo de veículo basta clicar em “Incluir” e repetir o processo.

As tabelas podem ser configuradas com diferentes combinações de preços e intervalos de tempo, o PARKEER utiliza um algorítimo inteligente para determinar qual menor preço para o cliente.

 

Pronto! Você já está pronto para começar a atender seus clientes utilizando toda a tecnologia e segurança na tarifação do PARKEER.  Para mais informações sobre a configuração das demais funcionalidades, visite nossa área de manuais no site.