Qual tamanho ideal de vaga?

Talvez uma das dúvidas mais recorrentes em proprietários de estacionamentos é sobre o tamanho ideal de cada vaga. Pode parecer um cálculo banal, pois basta caber qualquer veículo, certo? Errado! Vagas mal calculadas podem gerar diversos prejuízos ao estacionamento, quando menor que o ideal pode gerar sinistros por conta de uma manobra difícil, quando maiores, por ocupação indevida de espaço – Quando o estacionamento possui menos vagas do que ele realmente pode suportar por erro de cálculo.

É claro, que a delimitação das vagas é inútil quando estamos falando em estacionamentos gerenciados por um time de manobristas especializados e não pelo próprio cliente. Há uma máxima no mercado em que se diz que um bom manobrista “duplica o tamanho do pátio”.

Mas qual o tamanho ideal da vaga para o meu estacionamento?

Não há mágica, software ou qualquer outra coisa que vá calcular além da matemática e o bom senso. Você deve observar os obstáculos (postes, elevações ou declínios acentuados, pilares, pedras, muros, etc) existentes no seu pátio, a área de manobra e dimensionar as vagas de acordo com esses elementos. Para chegar-se ao cálculo do tamanho ideal, é preciso levar em conta alguns estudos, o mais usado deles no Brasil foi realizado pela Centro de Engenharia de Trânsito da Prefeitura de São Paulo, o CET e você pode baixar este estudo aqui.

Este estudo divide em 3 categorias os portes dos veículos :

Porte Largura Comprimento
Pequeno 2,10 4,20
Médio 2,20 4,70
Grande 2,50 5,50

Veja, por exemplo a largura de alguns veículos:

Porte – Veículo Largura Comprimento
Pequeno – Gol G5 1,65 3,89
Pequeno – Fiat Uno 1,63 3,77
Médio – Toyota Corolla 1,77 4,60
Grande – Ford S10 1,87 5,36

Lembre-se que além do tamanho da vaga, quanto maior o veículo, maior o risco, isso deve ser levado em conta na formação do preço do rotativo e do mensalista – Em geral, todos estacionamentos privados possuem valores diferenciados para motos, carros e camionetes (ou SUV).

Levando-se em conta esses números, de acordo com a disponibilidade do pátio, você pode criar dois ou três tamanhos diferentes de vagas para atender cada porte de veículo, uma dica importante é que no PARKEER existe um gráfico de movimentação por tipo de veículos, mostrando o percentual de movimentações por cada tipo de veículo, logo, você deve utilizar estes dados para redimensionar o seu estacionamento, ao longo dos anos os costumes de consumo mudam, não só a cor e acessórios, mas as modas de veículos longos ou curtos, largos ou estreitos, altos ou baixos, vão e vem.